quarta-feira, 24 de novembro de 2010

City-tour, museus e compras

Acordamos cedo para fazer o nosso primeiro city-tour (e provavelmente um dos últimos). Acreditamos que economizaríamos tempo com o passeio guiado pelo centro da cidade, mas a experiência não foi muito agradável. A guia era bem chata, o preço caro e descobrimos que poderíamos ter visitado as atrações facilmente a pé e sozinhos (o centro é bem compacto) e ter aproveitado muito melhor o tempo. O city-tour foi realizado com a empresa LimaVision.

Mas enfim, falando de coisas boas, o passeio revelou uma cidade com praças e museus muito bem cuidados e uma arquitetura muito bonita. Primeiro fizemos uma passagem relâmpago por Huaca Pucclana, um sítio arqueológico onde eram realizadas cerimônias incas, encravado na área urbana de Miraflores. Depois fomos para o centro histórico, passando pela bonita Plaza San Martin e visitando o Museo del Banco Central de Reserva del Perú. Gostamos bastante do museu, que apresenta diversas peças dos períodos inca e pré-inca e possui uma coleção imensa de moedas antigas do Peru.


Chegamos então na atração principal do centro histórico: a Plaza Mayor (ou Plaza de Armas) com a Catedral e o Palácio do Governo em torno dela. A praça é muito bonita!
A Catedral vale uma visita pelos seus altares em estilo barroco e o mini museu de arte religiosa que funciona no seu interior. Não pudemos entrar no Palácio, pois as visitas guiadas estavam temporariamente suspensas.

Depois da praça, fomos à Igreja e Convento de São Francisco. O prédio preserva pinturas antigas bem interessantes e possibilita uma visita às catacumbas, onde funcionava um cemitério até 1821. Infelizmente é proibido tirar fotos na parte interna do prédio.


O tour acabou com uma “carona” até o Mercado de Artesanías em Miraflores. Compramos vários souvenirs como sempre.


Decidimos então visitar o museu mais conhecido da cidade: o Museo del Oro. O museu é um pouco afastado de Miraflores e na hora de pegar o táxi não negociamos direito o preço e levamos um ligeiro prejuízo. O museu guarda grandes relíquias dos povos pré-colombinos do Peru e funciona colado a outro museu ainda mais interessante: o Museo de las Armas del Mundo que apresenta uma coleção infinita de armas, armaduras, fardas e medalhas de diferentes guerras. Uma coleção riquíssima! Infelizmente era proibido tirar fotos em ambos os museus.


Já no final da tarde, fomos enfim “almoçar” no..... McDonald’s hehehehe. Comemos no lar do Ronald e sua trupe pela primeira vez fora do Brasil e aprovamos. Haviam variados tipos de molhos para se servir a vontade e ganhar uns quilos a mais. Antes de ir para o hotel, demos uma passadinha na loja de departamentos Saga Falabella para ver as novidades e voltamos para o hotel. Lá ficamos até a manhã seguinte.

2 comentários:

  1. Olá,

    Meu nome é Ludmila Diniz, trabalho no departamento de Marketing do site Mundi, buscador de viagens especializado na comparação de preços de passagens aéreas e hotéis em mais de 30.000 destinos ao redor do mundo.

    Gostaríamos de convidar o seu blog, a participar do Mundinheiro. O Mundinheiro é o programa de afiliados que paga o maior valor por clique do segmento (R$ 0,30 no Clique Hospedagem, R$ 0,20 no Clique Passagem), além de ser possível ganhar pelos dois tipos de clique de uma só vez.

    Dispomos de ferramentas exclusivas e de fácil personalização, que se encaixam em qualquer tipo de conteúdo e agregam ainda mais valor ao site do afiliado.

    Para saber mais acesse o link http://www.mundinheiro.com.br/

    Aguardamos o contato e estamos a disposição para eventuais dúvidas e esclarecimentos.

    Atenciosamente,

    Ludmila Diniz
    Equipe Mundinheiro

    ResponderExcluir
  2. Oi Igor,

    Obrigada pela visita lá no meu cantinho. Preciso dar uma raça e acabar os post da Turquia. Tem muita coisa linda lá, vale a pena conhecer.

    Vamos para a Rússia a partir de 22/06. Estamos fechando com a Tchayka sim, pois estou com receio quanto a lingua para ir por conta própria. E voces, quando pretendem ir? Abraços.

    ResponderExcluir